Agenda reformista virá com tudo após a crise

por | 14/05/2020 | Impressões

Fonte: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Entre as poucas certezas que a pandemia de Covid-19 permite ter, neste momento, estão os desafios econômicos sem precedentes. O enfrentamento às consequências da doença domina a narrativa política no Brasil e deverá se estender por um bom tempo. A necessidade de retomada gradual e responsável, bem como a aposta na agenda reformista são prioridades dos decisores públicos.

Ainda em março, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia declarado que as reformas estruturantes seriam a melhor resposta à pandemia. Era o início da crise no Brasil e as prioridades da agenda econômica eram o Plano Mansueto e o pacto federativo. Já indicavam, entretanto, que o governo buscaria retomar o foco da agenda econômica o quanto antes.

A visão é compartilhada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ), que declarou hoje (14/5) que as reformas deverão entrar na agenda do Congresso já nas próximas semanas. Para Maia, “a reforma administrativa com 100% da relação Dívida-PIB é outra reforma”, ou seja, deve vir maior e com mais foco no equacionamento das contas públicas. A reforma tributária, por sua vez, também deverá ser mais abrangente, atingindo temas como renda e o setor de bens e serviços

Startups se encontraram na Arena de Ideias

Não é fácil ser criativo em meio à crise. Os tempos são difíceis e as notícias, muitas vezes, desanimadoras. Nesse cenário, a capacidade humana de se colocar no lugar de outra pessoa tem poder mobilizador.

Foi essa capacidade que inspirou Iseli Reis, CEO da Fleximedical Soluções em Saúde; e Matheus Rodrigues, CEO da startup Mamba Labs. As duas startups são exemplos do uso criativo da inovação tecnológica no combate à disseminação do vírus e de contribuição efetiva para a sociedade.

A Fleximedical utiliza a arquitetura hospitalar para transformar contêineres em soluções de apoio aos hospitais de campanha e dar acesso à serviço de saúde para mais pessoas durante a crise. Já a startup pernambucana Mamba Labs criou o aplicativo Dycovid, voltado para reduzir riscos de contaminação pelo novo Coronavírus. A ferramenta realiza um mapeamento do risco de contaminação por meio da identificação de proximidade entre os celulares das pessoas. 

Ambos estiveram na sexta edição do webinar Arena de Ideias, realizado hoje (14/5), com o tema “Inovação e criatividade em tempos de Covid-19”. A mesa virtual do debate contou também com Patrícia Marins, sócia-diretora da In Press Oficina e especialista em gestão de crise e reposicionamento de marcas.  

Iseli destacou a importância da reinvenção em tempos de crise: “temos que ser disruptivos. Desconheço qualquer empreendedor que nunca errou”, afirmou a empresária. Matheus foi além. Com a Mamba Labs, o jovem CEO pretende criar uma rede de “pessoas querendo ajudar pessoas”.

Para assistir a discussão completa, acesse o canal do YouTube da In Press Oficina.

O que acontece no Diário Oficial da União?

Fonte: Focus.jor

Como era de se esperar em toda troca ministerial, a semana foi marcada pelo esvaziamento do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Na edição de hoje (14/5) do Diário Oficial da União constou a exoneração do secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, que será substituído por um coronel da polícia militar.

O histórico do ex-candidato ao Governo do Ceará pelo PSDB em 2018 não foi mais forte do que a ligação com o ex-ministro da Justiça. Theophilo deixou o governo criticando a Presidência da República por tentar interferir no trabalho da Polícia Federal.

Outros nomes exonerados foram os de :

  • Rosangela Moro, representante da sociedade civil no programa Pátria Voluntária, idealizado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro.
  • Disney Rosseti, indicado por Moro para ocupar vaga de Maurício Valeixo, foi exonerado do cargo de diretor-executivo da Polícia Federal. 
  • Vladimir Passos de Freitas deixou a Secretaria Nacional de Justiça, órgão responsável pela coordenação de politicas de migração e questões sobre refugiados.


Apesar das trocas internas parecerem naturais diante do novo comando, as mudanças na gestão podem afetar a continuidade de programas e projetos da área, especialmente diante de um cenário incerto provocado pela crise sanitária. A rotatividade de gestores tende a causar a suspensão de atividades nos níveis estratégico e tático.

Por outro lado, as alterações abrem espaço para novas interlocuções que, até então, estavam endurecidas, além de criar oportunidade para a construção de uma nova estrutura de articulação junto ao poder público.

As frases de hoje

Hashtags do dia

Números do dia

Fonte: Ministério da Saúde

Você conta com os times de Public Affairs e Comunicação Digital em Brasília. Somos especializados em:

  • monitoramento de redes sociais
  • business intelligence
  • treinamento de porta-vozes
  • mapeamento de stakeholders
  • monitoramento do ambiente de poder
  • pesquisas junto ao Executivo e Legislativo
  • estratégias de Public Affairs
  • advocacy
  • soluções LGPD
  • comunicação estratégica
  • conteúdo para redes sociais
  • comunicação digital