Alguém viu o ministro? A atípica calmaria do Ministério da Educação

por | 18/08/2020 | Notícias


Foto: Reprodução Internet

Ponto crítico do governo desde que Bolsonaro assumiu a Presidência, o Ministério da Educação parece viver um novo momento. Com pouco mais de um mês no cargo, o ministro Milton Ribeiro conseguiu algo que os antecessores não haviam conseguido (ou mesmo tentado): deixar a pasta fora de polêmicas nas redes e nas manchetes.

O perfil de Ribeiro é notadamente distinto dos perfis de Vélez e Weintraub. Pastor da Igreja Presbiteriana, esperava-se que o ministro “terrivelmente evangélico” fosse ser mais um da frente ideológica de Bolsonaro.

Na contramão, adotou discurso conciliador e, ao assumir, afirmou que buscaria “tentar pacificar” a pasta. Se antes era comum ver as declarações de Weintraub reverberarem nos trending topics, hoje é capaz do cidadão comum esquecer que o Brasil tem um ministro da Educação.

No entanto, monitorar é preciso. Ribeiro terá a tarefa de garantir educação a toda uma geração afetada pela pandemia. Enem, volta às aulas, aulas remotas, e mesmo o “Revalida emergencial”, aprovado pelo Senado Federal para aumentar o número de médicos para combate à Covid, serão pautas urgentes e exigirão atuação firme do ministro.

Túnel é solução para ciclistas de Santos e Guarujá

Foto: Mobilize Brasil

O uso da bicicleta faz parte da vida dos moradores de Santos e Guarujá, no litoral paulista. Discutir a mobilidade pública e a ampliação das ciclovias é uma luta que vem crescendo nos últimos anos. Criar modais eficientes é um desafio. Na travessia Guarujá-Santos, a construção de um túnel significa melhoria para a vida de cerca de 10 mil ciclistas, que ao longo dos anos enfrentam a demora das balsas para cruzar as duas cidades, além de não contarem com abrigo durante a chuva.

O investimento na área da mobilidade urbana na Baixada Santista é um dos grandes desafios a ser enfrentado pelos próximos governantes, afirma uma reportagem de Silvia Barreto publicada recentemente na Mais Santos, revista semanal online que circula na Baixada Santista, produzida pelo jornal Diário do Litoral.

A bicicleta é um modal importante para uma região que abriga o Porto de Santos, o  maior do país. Para muitos  cidadãos, é considerada uma alternativa mais barata e acessível. O presidente da Associação Brasileira de Ciclistas (ABC), Jessé Félix, explica que em Santos o volume de ciclistas circulando é alto — uma média de 45 mil vindos de Guarujá através das balsas e catraias mensalmente, diz a reportagem.

Com o túnel, os ciclistas ganharão agilidade e segurança para suas viagens diárias no cruzamento entre as cidades. No túnel, todos são bem-vindos. Ele promove acesso seguro para ciclistas, pedestres e skatistas. Com um trajeto de apenas 1,7 km e localização estratégica, o túnel é a opção mais econômica. O trajeto entre as cidades será feito em menos de 5 minutos.

Saiba mais em: www.voudetunel.com.br

Trabalho presencial no Senado Federal só em 2021

Foto: Reprodução da Internet

Desafio para assessores de Relações Institucionais e Governamentais, o trabalho a distância, ou o chamado telelobbying, continuará acontecendo no Senado Federal. Um ato do primeiro-secretário do Senado, senador Sergio Petecão (PSD/AC), ampliou por seis meses as medidas restritivas de acesso à Casa.

Vale lembrar que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM/AP) foi um dos primeiros políticos a pegar a Covid-19. Também o secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira, teve de se ausentar por conta da doença. Assim como eles, servidores e  parlamentares já comunicaram que seus testes deram positivo para o coronavírus.

Na Câmara também há uma grande preocupação com os membros e servidores. Semana passada, morreu o deputado Caio Nárcio (PSDB/MG), aos 33 anos, depois de complicações e deixando a mulher grávida.

Hoje, o acesso ao Senado está restrito ao pessoal credenciado, como servidores e jornalistas. Radar da revista Veja lembra que, “a reabertura do Senado não se dará na gestão de Davi Alcolumbre, que se encerra em fevereiro. A não ser, que o senador seja reeleito para o cargo. Aí, é outra história”.

A reflexão

Hashtag do dia

Números do dia

Arte: In Press Oficina | Fonte: Conass

Você conta com os times de Public Affairs e Comunicação Digital em Brasília. Somos especializados em:

  • mapeamento de stakeholders
  • monitoramento do ambiente de poder
  • pesquisas junto ao Executivo e Legislativo
  • estratégias de Public Affairs
  • advocacy
  • soluções LGPD
  • comunicação estratégica
  • conteúdo para redes sociais
  • comunicação digital
  • monitoramento de redes sociais
  • business intelligence
  • treinamento de porta-vozes