fbpx

Análise: ClubHouse é o fenômeno do momento

por | 09/02/2021 | Notícias

Que o ClubHouse já é sucesso com pouquíssimo tempo de vida, isso não é segredo pra ninguém. Mas, seis fatores foram determinantes para que o aplicativo de voz se espalhasse com agilidade entre os usuários de redes sociais.

A primeira característica é a EXCLUSIVIDADE. Fazer parte do app não é tarefa fácil. Primeiro porque ele é exclusivo para usuários de iPhone, e segundo porque quem está lá dentro precisou ser convidado por um amigo ou conhecido para fazer parte da comunidade.

E isso nos traz a segunda característica: a ESCASSEZ. No início, cada usuário poderia convidar até dez amigos da sua lista de contatos para ingressar no aplicativo. À medida que as pessoas foram entrando, o número de convites reduziu, de 10 foram para apenas 2 convites. O que gerou um buzz enorme de interessados em busca de entrar na plataforma. Era possível, inclusive, ver pessoas vendendo os “invites” a R$ 200 reais.

Uma vez dentro da ferramenta, você não quer mais sair. Existem relatos de usuários que passaram 24 horas seguidas na plataforma, fazendo pequenas pausas para cuidados pessoais e alimentação. Essa sensação é o que conhecemos por FOMO (Fear of Missing Out), que traduzindo para o português é “o medo de perder algo”.

Entrar nas salas de bate-papo e ficar ouvindo as pessoas compartilharem ideias e experiências é algo incrível. Quando você imaginou ouvir Elon Musk, Mark Zuckerberg, entre tantas outras referências do mercado contando detalhes das suas empresas? Nunca, né? Mas no ClubHouse isso é possível.

O medo de ficar desatualizado ou de perder algum conteúdo gera no usuário o desejo de não se desconectar nenhum segundo da rede social. Essa interação com famosos e grandes referências traz, também, o aspecto de AUTORIDADE. Favor crucial e determinante para o rápido crescimento do aplicativo. Ter influenciadores como usuários atraiu uma grande parte dos usuários, que agora podem ouvir conselhos e pegar dicas desses famosos de um jeito fácil e simples.

Essa SIMPLICIDADE é o que também atrai cada vez mais pessoas para dentro da ferramenta. Se pararmos para pensar, o ClubHouse nada mais é do que um bate-papo de voz entre pessoas. Não precisamos de grandes aparatos tecnológicos, equipamentos hi-tech, internet rápido, nada disso.

Transmitir um conteúdo em áudio é mais rápido e mais simples. Sem contar que agora os produtores de conteúdo podem dar aulas incríveis deitado na cama, por exemplo. Genial, né?

E tudo isso em TEMPO REAL e humanizado. Não tem uma equipe por trás das pessoas que estão ali, são elas mesmas que abriram o aplicativo, conectaram os fones e estão falando diretamente com você. Sem edição, sem cortes, sem máscaras… tudo ao vivo e no improviso.