In Press Oficina é destaque no Correio Braziliense

por | 10/03/2020 | Notícias

A fusão das agências Oficina da Palavra e In Press, em 2011, resultou na In Press Oficina, empresa de comunicação que ganha cada vez mais espaço. Em nove anos do nome no mercado, em 2019, foi reconhecida como a melhor agência de comunicação do Brasil no prêmio Top Mega Brasil, principal premiação do mercado de comunicação corporativa, que ouviu mais de 50 mil jornalistas e profissionais de comunicação.

Foi a primeira vez que uma empresa fora do eixo Rio—São Paulo alcançou o título. O grupo tem mais de 30 anos de estrada, e a sócia-diretora Patrícia Marins, 45 anos, conta que a relação com a In Press é antiga. “Fui diretora executiva da In Press no escritório de São Paulo, até que decidimos estruturar a agência em Brasília. Eu tinha acabado de voltar de um mestrado em comunicação pública nos Estados Unidos e fiquei com essa missão. Acabei me apaixonando pela cidade, casei e resolvi estabelecer residência fixa por aqui. Deixei a In Press com escritório consolidado e resolvi me dedicar à minha própria empresa, a Oficina da Palavra, uma agência com DNA brasiliense, especializada na dinâmica da capital e dos Três Poderes”, explica.

Ela conta que, mesmo a distância, continuou com amizades na In Press. Dez anos após a despedida, ela e Kiki Moretti, CEO do Grupo In Press, avaliaram que poderiam somar os diferenciais competitivos para atuar de forma mais robusta no mercado brasiliense.

“Unimos a expertise da comunicação pública e dos Três Poderes com as metodologias e processos de atuação no setor privado. Deu um match muito interessante e que nos trouxe até aqui. Somos uma agência que cresce, apesar do contexto pouco promissor para o segmento de comunicação”, aponta Patrícia.

O objetivo da empresa é atuar no mercado com líderes que acreditam na comunicação e no seu poder de influenciar mudanças e transformações. Além disso, ser reconhecida por ele não como fornecedor, mas como parceira estratégica que traz soluções e inovações.

“Isso só é possível porque temos um dream team. Somos um time integrado, que entende profundamente as necessidades dos clientes e tem conhecimento incomparável dos Três Poderes”, ressalta a executiva.

Para alcançar todos os objetivos traçados, a empresa preza pela comunicação ética, moderna, responsável e com profissionalismo capaz de promover grandes transformações. “Queremos ter conosco os clientes que acreditam nisso. O nosso DNA é de empreendedorismo e inovação. Para nós, fazer comunicação eficiente passa por escuta ativa e por conseguir entender o que o cliente precisa, não apenas o que o cliente quer. Olhamos além do que está escrito no briefing, analisamos o contexto em que o cliente e seus públicos de interesse estão inseridos. Propomos soluções customizadas”, afirma a sócia diretora.

A agência conta com 130 funcionários, a maioria, mulheres, inclusive nos cargos de gestão. Há cinco anos, é signatária dos princípios do empoderamento delas, no qual se comprometem com uma série de iniciativas que impactam diretamente na tomada de decisão e na postura empresarial. Além disso, há iniciativas no projeto de acesso e diversidade. Contam também com o projeto “Impressionantes Contadores de Histórias”, para pessoas em situação de internação em hospitais da cidade. A sede da empresa fica em Brasília, mas há profissionais em São Paulo, Minas Gerais e no Pará. Eles são integrantes do Grupo In Press, que atua em todo o território nacional e em mais de 60 países.

Patrícia reforça a importância da In Press Oficina para o Distrito Federal.

“A nossa conexão com a capital é muito forte, vai além da representatividade econômica e social que o nosso negócio pode oferecer. Temos paixão por esta cidade, e o nosso compromisso enquanto profissionais do segmento de comunicação é mostrar aos nossos clientes, em especial aos que estão fora de Brasília, uma cidade que não está estampada nas capas dos jornais, que não vive só de política e do serviço público”, explica.

Expectativa para 2020

“Somos um país único, um povo ímpar. Temos tudo e mais um pouco para fazer o país acontecer para valer. A minha expectativa é que tenhamos de fato serenidade e coragem para encarar o Brasil como um lugar de paz e de grande potencial de transformação econômica e social, deixando de lado retrocessos, rivalidades e amadorismos”, avalia Patrícia. Para alcançar as metas traçadas, a executiva conta que faz investimentos constantemente no desenvolvimento dos talentos da empresa. Ela também se dedica à capacitação dos funcionários nas áreas da ciência de dados, análises de predição e novos produtos ligados ao universo da comunicação digital.

*Matéria publicada no jornal Correio Braziliense, edição de 8 de março de 2020.