fbpx

Militares e Centrão remodelam Brasília

por | 11/05/2020 | Impressões

Brasília vive um momento de realinhamento de forças políticas. Com o avanço da pandemia do coronavírus, os militares vão angariando cada vez mais espaço no governo, com o ministro-chefe da Casa Civil, general Walter Braga Netto, à frente. O movimento ficou ainda mais evidente com a nova configuração do Ministério da Saúde.

Após Nelson Teich assumir o cargo, foram exonerados os políticos ligados ao DEM: Abelardo Lupion, pai do deputado federal Pedro Lupion (PR), e José Carlos Aleluia (BA), ex-deputado federal. Por outro lado, foram nomeados ao menos sete nomes ligados às Forças Armadas para postos estratégicos na pasta.

Enquanto isso, o Centrão segue negociando cargos de segundo e terceiro escalões com Jair Bolsonaro. Apesar da estratégia não ser bem vista por apoiadores do presidente e contar com a resistência de aliados, Bolsonaro deve garantir as nomeações em troca de apoio no Congresso Nacional.

Mais que uma reorganização do governo federal, o panorama aponta para uma disputa por espaço no parlamento. O atual cenário fez ressurgir nomes como o do carioca Roberto Jefferson, do PTB, e ascender nomes como o de Arthur Lira, do PP/AL. Ambos representam partidos do Centrão e buscam tomar parte do protagonismo assumido pelo DEM dentro do grupo.

Diante disso, fica claro que uma das consequências da pandemia será uma nova organização dos atores políticos. Os militares, que precisaram tomar as rédeas do combate à crise, deverão se manter fortes na atuação política. Já Bolsonaro, que viu a pressão sobre o governo crescer durante a pandemia, precisará lidar com um Centrão que deseja, acima de tudo, ser cada vez mais influente sobre o governo.

Ala militar será ouvida amanhã pela Polícia Federal

Hoje (11/5), a Polícia Federal ouviu os depoimentos do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, do ex-diretor-geral da PF Maurício Valeixo, e do ex-superintendente da PF no Rio de Janeiro Ricardo Saadi. As oitivas são referentes às investigações sobre as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Após um dia apreensivo, as manchetes foram amenas. O depoimento de Valeixo foi o que mais reverberou, após o policial federal afirmar a seus pares que não pediu para sair do cargo e que Bolsonaro queria um diretor-geral da PF com quem tivesse “mais afinidade”.

Estão previstos para amanhã (12/5) os depoimentos dos ministros da Casa Civil, Braga Netto, do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Eduardo Ramos, à Polícia Federal. A tendência entre os ministros, membros da ala militar do governo, é a de manter muita tranquilidade. Todos eles são mais do que experientes para atuar em situações de pressão máxima.

No entanto, a exibição da gravação do encontro ministerial de 22 de abril, onde, segundo Sérgio Moro, Bolsonaro teria cobrado a substituição do diretor-geral da PF e do superintendente da corporação no Rio de Janeiro, pode deixar o dia um pouco mais conturbado. Um grupo de autoridades restrito irá assistir à gravação amanhã às 8h. Entre eles, o próprio ex-ministro da Justiça.

Vacinas: bolsa de valores de olho nas inovações

O mercado está de olho e aposta no sucesso dos grandes laboratórios que desenvolvem vacinas contra a Covid-19. Destaque para a Novavax, empresa norte-americana de biotecnologia avançada, que desenvolve vacinas de última geração para doenças infecciosas graves. Ela anunciou os resultados financeiros e destaques operacionais para o primeiro trimestre em tom de comemoração.

“Nossas realizações até agora, em 2020, incluindo um progresso significativo em nossos programas de vacinas contra influenza e COVID-19, são as mais impressionantes da história da empresa”, disse Stanley C. Erck, presidente e diretor executivo da Novavax, em nota oficial à imprensa.

“Reagimos rapidamente à pandemia de coronavírus desenvolvendo e avançando rapidamente o NVX-CoV2373, nosso candidato à vacina contra a Covid-19, que mostra um forte potencial de ter um impacto positivo nessa crise de saúde global.”

Dia 8 de abril, a Novavax tinha avisado que iniciaria no mês de maio os testes com humanos (cerca de 130 pessoas). Os testes em animais mostraram-se promissores e efetivos.

Senado prioriza matérias pró-consumidor

Líderes partidários se reuniram na manhã desta segunda-feira para definir os projetos prioritários a serem deliberados no Plenário do Senado. Desde semana passada, o presidente Davi Alcolumbre (DEM/AP) vinha sinalizando que iria priorizar propostas que visassem limitar cobranças de juros de cartão de crédito e cheque especial. 

Entre as matérias elencadas, a partir de terça-feira, deverá constar na Ordem do Dia o PL 675/20, que impede a inscrição de consumidores inadimplentes em cadastros negativos durante a pandemia, garantindo o acesso ao crédito.

Ainda nesta semana, entra na pauta o PL 1166/20, que limita a cobrança de juros de cartão de crédito e de cheque especial, apresentado pelo senador Álvaro Dias (Pode/PR). O texto limita a 20% os juros cobrados no cartão de crédito e no cheque especial para dívidas contraídas entre março de 2020 e julho de 2021. Caberá ao Banco Central regulamentar e fiscalizar a medida.

A frase

Saudação ao mestre Palatnik

O artista plástico Abraham Palatnik morreu no último sábado (9/5), vítima da Covid-19. Palatnik tinha 92 anos e foi pioneiro no trabalho da arte cinética, explorando efeitos visuais com movimentos físicos, ilusão de óptica ou truques de posicionamento de peças. No vídeo abaixo, uma homenagem ao legado que deixou em vida.

Hashtags do dia

Números do dia

Você conta com os times de Public Affairs e Comunicação Digital em Brasília. Somos especializados em:

  • monitoramento de redes sociais
  • business intelligence
  • treinamento de porta-vozes
  • mapeamento de stakeholders
  • monitoramento do ambiente de poder
  • pesquisas junto ao Executivo e Legislativo
  • estratégias de Public Affairs
  • advocacy
  • soluções LGPD
  • comunicação estratégica
  • conteúdo para redes sociais
  • comunicação digital