Reforma Tributária e Desenvolvimento da Economia

por | 16/07/2020 | Arena de Ideias, Notícias

Para Appy, aprovação da reforma tributária pode ser a diferença entre o governo realizar ou não políticas públicas no pós-pandemia

 

Segundo Bernard Appy, idealizador da PEC 45/2019, uma das propostas de reforma tributária mais avançadas no Congresso Nacional, o avanço do tema pode ser o diferencial para que o governo consiga atuar no contexto pós-pandemia.

“A aprovação da reforma tributária pode ser a diferença entre a solvência e a insolvência do setor público brasileiro. Ou seja, do poder público poder realizar políticas públicas. Ela se tornou ainda mais importante por conta do endividamento decorrente da pandemia”, afirma Appy durante a live Arena de Ideias realizada na manhã de hoje (16).

Além do economista, o webinar contou com a participação de Mário Sérgio Carraro Telles, gerente de Política Econômica da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Kleber Cabral, presidente do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco Nacional) e teve a moderação de Patrícia Marins, sócia-diretora da In Press Oficina e especialista em gestão de crise, imagem e reputação.   

A reforma tributária depende do tema no Congresso

Com o tema “Reforma Tributária e Desenvolvimento da Economia”, o webinar trouxe o debate no momento em que Senado e Câmara dos Deputados travam uma disputa sobre o protagonismo na questão e a possibilidade de desenvolvimento dos debates durante as sessões não presenciais.

Assim como Appy, o gerente da CNI, Mário Telles, também não enxerga como a atuação governamental pode ocorrer sem o avanço real do tema no Congresso.

“Uma das formas de auxiliar na retomada pós-pandemia, tendo em vista a queda na receita que deve se agravar ainda mais, são as reformas estruturantes”, afirmou.

Já para o presidente do Sindifisco, é importante discutirmos a simplificação proposta pela PEC 45/2019, mas a reforma tributária deve ser mais ampla, usada também no combate à desigualdade.

“Precisamos tornar o sistema mais justo, respeitando a capacidade contributiva. É preciso diminuir os impostos sobre o consumo e tributar mais a renda e o patrimônio, assim podemos de fato ajudar na retomada da economia. Tenho dúvidas se a simplificação sozinha entrega um retorno rápido para a sociedade”, afirmou.

Kléber Cabral também reforçou a importância no combate à sonegação. “Mesmo com esse sistema cheio de problemas, se todos pagassem seus impostos, poderíamos diminuir a carga tributária em 20%. Precisamos de uma legislação que fortaleça a administração tributária”.

Patrícia Marins lembrou que, para que o debate ganhe o alcance necessário, é preciso se aproximar da população.

“A comunicação assertiva é muito importante nos grandes temas que determinam o futuro do nosso país. A maneira como interpretamos, comunicamos e colocamos nosso ponto de vista pode determinar o sucesso desta reforma tributária”

O próximo tema será “Saúde na era da informação: ciência de dados para a inovação na indústria e no setor público”.

Perdeu nosso webinar sobre  “Reforma Tributária e Desenvolvimento da Economia”? Assista na íntegra:o papel da imprensa 

 

O Arena de Ideias é o webinar semanal da In Press Oficina que reúne especialistas para debater questões atuais e é transmitido pelo youtube da In Press Oficina

Fique por dentro

Quer ficar por dentro de tudo que acontece na política em Brasilia e temas do Arena de Ideias primeiro? Inscreva-se aqui e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos. 

Leia mais conteúdos sobre enfrentamento de crise que preparamos para você: